Postagens populares

Arquivo do blog


30 setembro, 2016

‘Operação Resposta’ identifica 40 detentos como mandantes de ataques

A polícia identificou 40 detentos que já cumprem pena no sistema prisional envolvidos com os ataques a ônibus e escolas da capital, na noite de quinta-feira (29). O grupo foi autuado por crimes de organização criminosa, incêndio a coletivos e a órgãos públicos. Os detentos já respondem a processo por assaltos a mão armada, tráfico de drogas, formação de quadrilha, latrocínios – que é o roubo seguido de morte – e homicídio. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-MA) solicitou à Justiça a transferência de todos eles para presídios federais.

“São criminosos de alta periculosidade, que cumprem pena por crimes gravíssimos. A única medida é retirá-los do cenário para que não continuem incentivando estes atos, e, assim, impedir que sejam cometidos mais crimes”, ressaltou o titular da Superintendência Especial de Investigação Criminal (Seic), Tiago Bardal. Desde os atentados a polícia já capturou 24 pessoas, sendo 12 adolescentes que foram encaminhados à internação no Centro de Juventude Canaã, no Vinhais. Os demais estão na Seic, onde serão interrogados, autuados e enviados ao Complexo de Pedrinhas.

Para evitar a movimentação dos criminosos, as Polícias Militar e Civil realizaram, na manhã desta sexta-feira (30), operação ostensiva em todos os presídios do sistema penitenciário. Um total de 700 policiais ocupou as detenções para cumprir revistas minuciosas e abordagens à procura de celulares, armas e drogas. “É uma ação ‘pente fino’ para fechar o cerco contra esses criminosos e mostrar que a Segurança não vai deixar que eles instaurem o clima de medo na cidade”, enfatizou Bardal. Deste efetivo, 450 são agentes de segurança prisional da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), 150 são da Polícia Militar e 100 são da Polícia Civil.

Operação Eleição

Reforçando esse trabalho ostensivo, tropas federais serão enviadas para o Maranhão, a pedido do governador, para juntar-se aos 7.500 homens que atuarão nos próximos dias para impedir que facções criminosas tentem tumultuar as eleições. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) orienta que os cidadãos repassem informações que ajudem a polícia no combate ao crime por meio do número do aplicativo Whatsapp (98) 9.9163.4899 e pelo aplicativo “Byzu”, compatível com todos os sistemas operacionais.

Fonte: Governo do Maranhão

CAXIAS: Após denúncias de assaltos na cidade, dupla é presa com arma de fogo


Após várias denúncias de assaltos na cidade, e com as características dos suspeitos repassados pelas vítimas, a polícia conseguiu prender Erenildo Lima, de 20 anos, e Wanderson Conceição, de 18 anos.

A dupla é suspeita de praticar os crimes em uma motocicleta. Com eles, a polícia encontrou uma arma de fogo.

Agora as providências vão ser tomadas pela Justiça.

Presidente das Filipinas pede que população mate viciados em drogas

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, bate continência ao lado de oficial no Campo Aguinaldo, em Quezon City, Manila

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, tomou posse nesta semana com um pedido controverso à população: que mate viciados em drogas.

Depois de tomar posse no palácio presidencial, Duterte foi jantar com moradores de uma favela de Manila, onde proferiu um discurso cheio de ameaças a traficantes.

"Esses filhos da puta estão destruindo nossas crianças. Estou alertando: não vá por esse caminho, mesmo que você seja um policial, porque eu realmente vou te matar", disse o presidente diante de uma plateia de cerca de 500 pessoas.

"Se você conhece algum viciado, vá em frente e mate-o você mesmo, porque pedir que seus pais o façam seria doloroso demais", acrescentou. 

Duterte repetiu declaração que costumava fazer durante sua campanha presidencial -- de que as pessoas ganhariam dinheiro se fizessem negócio como funerárias.

"Garanto a vocês que não vão falir. Se o negócio começar a ir devagar, vou dizer à polícia: 'vamos mais rápido para que as pessoas possam ganhar dinheiro'."

Em seu discurso de posse no palácio presidencial de Malacanang, Duterte pintou um quadro sombrio de seu mandato.

"O passeio vai ser duro, mas junte-se a mim de todo modo", afirmou. 

"Os problemas que afligem nosso país e que devem ser atacados com urgência são corrupção, tanto nos altos quanto nos baixos escalões do governo, criminalidade nas ruas, a venda disseminada de drogas ilegais em todas as faixas da sociedade filipina e o colapso da lei e da ordem", acrescentou. 

Duterte foi eleito com base em promessas de restabelecer a pena de morte e na defesa de esquadrões da morte contra traficantes e criminosos. (Com agências internacionais)

Carro da Cemar é incendiado por criminosos na Via Expressa

Na manhã desta sexta-feira (30) mais um veículo foi queimado, desta vez na Via Expressa de São Luís. Segundo informações, o carro era de uma empresa terceirizada da Companhia Energética do Maranhão e funcionários acabaram rendidos por cinco criminosos.

O caso aconteceu na rua Apicum, onde suspeitos ordenaram que os servidores da Cemar descessem e não olhassem para trás. Em seguida incendiaram o carro. O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) esteve no local e conseguiu apagar as chamas, mas o carro ficou completamente destruído. Ninguém ficou ferido. 

A Companhia da Cemar informou que a ocorrência já foi levada ao conhecimento das autoridades policiais no sentido de apurar e responsabilizar criminalmente os envolvidos e informou ainda que durante avaliação preliminar, identificou somente danos materiais.

Ataques

A onda de ataques a veículos começou na noite de quinta-feira (29), quando 15 ações criminosas foram registradas pela Secretária de Segurança Pública. Dentre os atos, quatro ônibus foram queimados nos bairros Nova Aurora, Pedra Caída, Recanto Vinhais e Forquilha, uma viatura do Corpo de Bombeiros e uma escola. Houve tentativas nos bairros Vila dos Nobres, Jota Lima, João Paulo, Jardim Tropical, Vila Industrial, Jambeiro, Mauro Fecury, Vila Luizão e Vila Isabel Cafeteira. Até agora 23 suspeitos foram presos. 

O Governo do Maranhão comunicou que já reforçou os policiamentos nas ruas e também realizou na manhã de hoje uma operação em Pedrinhas em busca de possíveis armas, drogas e celulares, e desarticular a manobra de criminosos que possam estar envolvidos com os últimos ataques criminosos na capital.

Após ataques, governo faz ‘pente fino’ no Complexo de Pedrinhas

Objetivo é buscar armas, drogas e celulares, e desarticular criminosos. Governo do Maranhão confirma prisão de ao menos 23 suspeitos.

Governo faz ‘pente fino’ em unidades do Complexo de Pedrinhas (Foto: Divulgação/Secap)
Homens das forças de segurança pública no Maranhão realizam nesta manhã de sexta-feira (30) uma operação ‘pente fino’ nas unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA). O objetivo é buscar armas, drogas e celulares, e desarticular criminosos que possam estar envolvidos com os últimos ataques criminosos na capital maranhense e em Imperatriz, no oeste do Maranhão.

Foram ao todo nove ataques a ônibus entre a noite de quinta e manhã desta sexta-feira (30) confirmados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) em São Luís, sendo quatro ônibus totalmente queimados e cinco tentativas. Outras duas escolas foram incendiadas. Em nenhuma das ocorrências houve mortos ou feridos. Até o momento, 23 suspeitos foram presos.
Cinco ônibus foram completamente destruídos nos ataques (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Cinco ônibus foram completamente destruídos nos ataques (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Ao todo, mais de 700 homens participam da ação ostensiva, sendo 450 agentes de segurança prisional da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), 150 homens da Polícia Militar, e 100 policiais civis.
Cúpula da segurança pública reuniu-se na madrugada (Foto: Divulgação/Secap)
Cúpula da segurança pública reuniu-se na madrugada (Foto: Divulgação/Secap)
Na madrugada, o governador Flávio Dino (PCdoB) reuniu-se com todo o comando da segurança pública do Estado para realinhar estratégias de enfrentamento aos ataques e prisão de novos suspeitos. “Durante anos deixaram o poder das facções criminosas crescer. Agora estamos enfrentando e não vamos ceder a chantagens para volta ao passado. Mobilização total contra esses ataques”, disse.

Nesta manhã, Flávio Dino afirmou que os ataques ocorridos foram organizados por facções criminosas que querem retomar controle do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. “Facções criminosas, com claros apoios políticos, resolveram se unir para tentar impor as suas próprias regras na Penitenciária. Quando chegamos ao governo, facções mandavam na Penitenciária de Pedrinhas. Desde então, estamos aplicando organização e disciplina”, disse.

Em nota, o governo divulgou nota dizendo que não deve ‘ceder às facções criminosas, cujas chantagens lançadas nos últimos dias à gestão prisional têm como único objetivo restabelecer o caos no Sistema Penitenciário do Maranhão’.
Mais de 700 homens participam de ação de resposta a ataques (Foto: Divulgação/Secap)
Mais de 700 homens participam de ação de resposta a ataques (Foto: Divulgação/Secap)
A Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) garantiu aumento no efetivo policial, com homens das polícias Civil, Militar e do Exército Brasileiro.

Leia a íntegra da nota divulgada pelo governo:
O Governo do Estado, disposto a não ceder às facções criminosas, cujas chantagens lançadas nos últimos dias à gestão prisional têm como único objetivo restabelecer o caos no Sistema Penitenciário do Maranhão, realiza neste momento uma megaoperação de revista simultânea em todas as unidades do Complexo Penitenciário de São Luís.

Mais de 700 homens participam da ação ostensiva, entre os quais 450 agentes de segurança prisional da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), 150 homens da Polícia Militar, e 100 policiais civis. O objetivo é realizar um “pente fino”, em busca de possíveis armas, drogas e celulares, e desarticular a manobra de criminosos que possam estar envolvidos com os últimos ataques criminosos na capital.

Fonte: G1 MA
Proxima  → Inicio

Nosso Arquivo

Receba as noticias por email

Total de visualizações