Cinema em todo lugar: Ufma leva linguagem do cinema para 120 alunos da UI Barbosa de Godóis


Em continuidade as suas ações formativas na área da produção audiovisual, a Universidade Federal do Maranhão, por meio do Departamento de Assuntos Culturais (Dac/Proexce) realizará, neste mês, uma nova programação do Projeto Cinema em Todo Lugar. 

A iniciativa vem ampliando o circuito de exibição de filmes não comerciais de cinema em São Luís/MA, utilizando a estratégia de levar a sala de cinema para as escolas e as escolas para espaços culturais promotores de eventos cinematográficos. 


A diretora do Dac, Fernanda Santos Pinheiro, coordenadora geral do projeto, afirma que “a função social e pedagógica do audiovisual vai além da projeção. Promove atividades para inserir a formação da linguagem audiovisual no sistema regular de ensino”, disse a coordenadora. Em sua quarta edição, o projeto beneficiará 120 alunos da Unidade Integrada Barbosa de Godóis, no bairro do Monte Castelo, em São Luís. A escola que é referência no handebol estudantil agora se prepara para a sétima arte. 

Em parceria com o Governo do Maranhão, por meio da Secretária de Estado da Educação, o projeto é desenvolvido em conjunto com as educadoras Ione Coelho e Luciana Alves. Os alunos participarão de uma roda de conversa sobre a linguagem do cinema e das oficinas de pixilation e flipbook, onde os filmes serão produzidos e sonorizados. A ação formativa vai contar com o apoio de monitores voluntários para as oficinas e atividades, que receberão certificados. Na roda de conversa lúdica haverá ainda sorteio de brindes para os alunos, como blocos personalizados do projeto. 


as bolsistas são eu, Helen Maria e Sara gabriele com coordenacao de saulo simões o calendário de ações do projeto esta prevista pra ser até dezembro, com um total de 06 ações serão dois "debatedores" na roda de conversa, um especialista sobre o tema do filme e a outra um jovem cineasta a jovem é a ana carolina Sousa Ana Carolina Sousa, 23 anos, é Cineasta, formada pela Escola de Cinema do Maranhão, com foco em direção e roteiro. É roteirista do Sistema Integrado de Comunicação - SIC. As temáticas e linguagens dos seus filmes são voltados para o cinema contemporâneo, com um traço singular. Diretora do curta "Mortalha" e do documentário "Pode Passar", ambos em fase de finalização. E em produção de segundo curta, o "Caixa 2". Também já trabalhou nos curtas: "Redenção", 2016, de Neville de Almeida e Joaquim Haickel (premiado em dez festivais internacionais); "Você é Diferente", 2017, do diretor George Pedrosa. "Primeiro Encontro", 2018, do diretor Thiago Santos. "SHOW", 2018, do diretor Weber Bezerra (Em produção, primeiro musical para cinema do Maranhão) e "Deusa das Aguas", 2018, do diretor João Paulo Miranda Maria (em produção). Ana 

o objetivo da participação da ana trazer a linguagem do cinema para os alunos 

Oportuniza o acesso do público à produções de cinema. Público este que, por questões quase sempre de ordem social, raramente tem a oportunidade de ver filmes em “tela 

grande”, alguns sequer foram apresentados a essa linguagem artística. A ideia é disponibilizar mostras de diversos gêneros, temáticas e origens de produção, algumas de outros países,constantes no acervo do Guarnicê, nas praças, nos centros comunitários, nas escolas públicas deEducação Básicae Ensino Médioe em espaços alternativos, todos de forma gratuita e para um público previamente mobilizado. 

INSTITUIÇÃO(ÕES) ENVOLVIDA(S):

Universidade Federal do Maranhão

Secretaria de Estado da Educação e 

Secretaria Municipal de Educação.





Distributed by MyBloggerThemes | Designed by OddThemes