Polícia Federal deflagra Operação Metalon contra quadrilha de roubo a banco

Grupo é suspeito de duas ações contra agências da Caixa Econômica Federal em Teresina e em Timon (MA). 


Bandidos explodiram agência da Caixa em Timon e um morador de rua morreu na ação (Foto: Reprodução/TV Mirante)

A Polícia Federal do Piauí, em parceria com a Polícia Civil do Piauí e do Maranhão, deflagrou nesta quinta-feira (15) a Operação Metalon, que visa cumprir 12 mandados de prisão e nove de busca e apreensão contra suspeitos de roubo a banco. Apenas uma pessoa foi presa, em flagrante, até agora. Em uma das ações, um morador de rua morreu em Timon (MA) durante explosão de uma agência da Caixa Econômica Federal. 

A Polícia Civil do Piauí, por meio do Greco, auxilia no cumprimento dos mandados. Segundo a PF, o grupo além dos roubos, fornecia material explosivo para outros grupos criminosos, por isso o nome da operação. Metalon é um material metálico usado para armazenar explosivos e garantir maior poder de destruição às "bombas". 

Apenas um caixa eletrônico foi destruído durante a ação dos bandidos (Foto: Catarina Costa/ G1)

Segundo a delegada Larissa Magalhães, apenas uma pessoa foi presa até o momento, mas não está incluída entre aqueles com mandado de prisão expedido. “Ele foi preso por tráfico, em flagrante. Os policiais acharam com ele drogas e outros materiais relacionados a entorpecentes”, explicou a delegada. 

O grupo é suspeito de explodir a agência da Caixa Econômica Federal de Timon (MA) em 28 de agosto de 2017. Na ação, um morador de rua morreu. Ao grupo é atribuída também a explosão à agência da CEF localizada na avenida Barão de Gurguéia, bairro Vermelha, apenas nove dias depois. 

PF e Polícia Civil concederam entrevista coletiva sobre a operação (Foto: Nayara Nadja/TV Clube)







Distributed by MyBloggerThemes | Designed by OddThemes