Deputado Cabo Campos volta a defender escalonamento nas gratificações de PM’s e BM’s


Durante a discussão do Projeto de Lei 02/2018 e da Medida Provisória 265/2017, na última terça-feira (20), o deputado estadual Cabo Campos (DEM) voltou a defender a correção da tabela de valores das funções gratificadas e retribuição temporária pela função de comando na Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e no Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBM-MA). 

“Como policial de carreira e praça da Polícia Militar do Maranhão, não posso votar a favor de um projeto que não contempla toda a categoria, mas sim a menor parte dela. A disparidade entre os valores das gratificações de um coronel e de um soldado é gigantesca”, disparou o parlamentar.

Na Tribuna, Campos disse que a melhor saída para corrigir essa distorção seria a aplicação do escalonamento vertical e lembrou que apresentou emenda ao Projeto de Lei, a fim de estender o reajuste do benefício de forma uniforme às tropas. 

“A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, infelizmente, manteve inalteradas às Medidas Provisórias (MPs) nº 264 e 265/2017, alegando não ter competência para aceitar emendas que pudessem aumentar despesas ou criar vagas aos quadros das duas corporações”, lamentou.

Ao finalizar o discurso e defender o voto contrário ao Projeto de Lei 02/2018 e à Medida Provisória 265/2017, Campos reafirmou o seu compromisso em continuar lutando junto aos militares para que a situação possa ser revertida.

“Quero reafirmar o meu compromisso com a luta em busca de melhores condições de trabalho e valorização daqueles que estão empenhados em garantir a segurança e a proteção da sociedade maranhense. Continuarei intermediando essas discussões junto ao Governo Flávio Dino, no sentido de que essa situação possa ser melhor avaliada e revertida. Não vamos desistir”, finalizou o deputado.



Distributed by MyBloggerThemes | Designed by OddThemes