Laudo conclui causa da morte de candidato do concurso da PM no Maranhão - Maranhão News

Post Top Ad

Laudo conclui causa da morte de candidato do concurso da PM no Maranhão

Laudo conclui causa da morte de candidato do concurso da PM no Maranhão

Share This

Laudo emitido pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO) comprovou que a causa da morte de Marcone Ferreira Cordeiro foi trombose venosa profunda.


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou por meio de nota enviada ao G1que de acordo com o laudo emitido pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO) a causa da morte do cirurgião-dentista Marcone Ferreira Cordeiro foi trombose venosa profunda. Marcone era candidato do concurso da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e morreu na madrugada deste sábado (3), após passar mal durante o Teste de Aptidão Física (TAF), ocorrido em São Luís.

A nota da SES informou ainda que foi assegurada toda assistência ao candidato Marcone Ferreira Cordeiro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Itaqui-Bacanga, na capital.

Marcone Ferreira Cordeiro era Cirurgião-dentista e tinha o sonho de ingressar na Polícia Militar do Maranhão. (Foto: Reprodução/Facebook)

O cirurgião-dentista se sentiu mal após completar o teste realizado nessa sexta-feira (2) no campus do Bacanga da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Ele foi socorrido por uma ambulância e em seguida deu entrada ainda com vida na UPA da área Itaqui-Bacanga onde foi medicado durante o dia todo, mas não resistiu e acabou morrendo.

Outro caso

Este é o segundo caso de candidatos que morrem após passar mal durante a realização do Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar em São Luís.

Daniele Nunes Silva morreu após sofrer um AVC durante teste de concurso
Na terça-feira (30), Daniele Nunes da Silva, de 24 anos, morreu após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante o Teste de Aptidão Física (TAF). A vítima era escrivã da Polícia Civil no município de Barra do Corda, a 462 km de São Luís, e tinha um sonho de ingressar na carreira policial.

Leia a íntegra da nota:

"A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que foi assegurada toda assistência exigida pelo caso, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Itaqui-Bacanga. Informa ainda que, de acordo com laudo emitido pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO) a causa da morte foi Trombose Venosa Profunda".


Fonte: G1 MA








Nenhum comentário:

Post Bottom Ad

http://www.maranhaonews.net/