Globo muda campanha "O Brasil que eu quero" após pressão nas redes sociais - Maranhão News

Post Top Ad

 Globo muda campanha "O Brasil que eu quero" após pressão nas redes sociais

Globo muda campanha "O Brasil que eu quero" após pressão nas redes sociais

Share This

A Globo, via jornalismo, lançou dias atrás uma campanha nacional batizada de "O Brasil que eu quero". Nela o canal pediu a seus telespectadores que enviassem vídeos de 15 segundos de todas as partes do Brasil, com um depoimento sobre o país que querem, com um fundo de pontos turísticos e referenciais de suas cidades. Roupas típicas também eram bem-vindas nas gravações.

Mas, após dias ensinando o público a usar o celular “na horizontal” para captar as belas imagens nos vídeos caseiros, a emissora teve de mudar os planos.

Pressionada nas redes sociais e bombardeada por fotos e vídeos diferentes dos pedidos no ar, a rede “ampliou” a campanha.

Em vez da população enviar vídeos de lugares bonitinhos ao fundo, com todos dizendo " Qual o País que eles querem", as pessoas começaram a enviar imagens de lixões irregulares, hospitais lotados , transporte público detonado, escolas destruídas, buracos em ruas e estradas, todo tipo de mazela e problemas sociais e estruturais de onde vivem.

Saiu a campanha “O Brasil que eu quero” e entrou a exigida nas redes sociais: “O Brasil que eu não quero”!

William Bonner não falou da pressão popular, mas explicou no “Jornal Nacional” desta terça-feira (23) que os vídeos que vieram foram diferentes do que a rede esperava e que os mesmos “estão valendo” também.

Ou seja, vale reclamar ...

E o celular? Pode gravar agora na vertical?


Fonte: R7







Nenhum comentário:

Post Bottom Ad

http://www.maranhaonews.net/