Jefferson Portela manda abrir PAD contra delegado de Imperatriz

novembro 02, 2017
O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, por meio de uma portaria datada desta quarta-feira (1º), mandou abrir um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) com o objetivo de “apurar a responsabilidade funcional” do delegado Gustavo Tavares Barbosa de Matos, lotado na Delegacia Regional de Polícia Civil de Imperatriz.

De acordo com a portaria da SSP-MA, “o servidor teria, através de ofício endereçado ao Ministério Público Estadual de Imperatriz (Promotoria de Justiça da Central de Custódia), redigido de maneira a comprometer a Instituição Polícia Civil ou a função policial, bem como, teria possivelmente no mencionado expediente se referido de modo depreciativo às autoridades públicas ou a atos do Poder Público”.

De acordo com o que disse ao INFORMANTE um integrante da cúpula da Segurança Pública do Maranhão, o delegado Gustavo de Matos “condicionou equivocadamente o pleno exercício da atividade policial exclusivamente à existência de um único sistema de informações, no caso o Sigo (Sistema Integrado de Gestão Operacional), que atualmente está desativado, quando existem outros sistemas auxiliares à disposição da polícia, como o Infoseg (que será substituído pelo Sinesp brevemente) e os PPEs (Procedimentos Policiais Eletrônicos)”.

Na portaria divulgada nesta quarta, o secretário Jefferson Portela designa os delegados Mauro Costa da Rocha, Pauliran Pereira de Moura e Valéria Vieira Beirouth, sob a presidência do primeiro, como integrantes da Comissão destinada “à apuração e ao exame dos atos do delegado Gustavo de Matos, bem como dos fatos e atos conexos que emergirem no curso dos trabalhos, nos termos dos preceitos legais pertinentes”.


Fonte: O INFORMANTE







Compartilhe

Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todos o conteúdo é de inteira responsabilidades de seus autores

Relacionadas

Anterior
« Proximo