Jovem é dado como morto, sai da cova e volta para denunciar bandidos

outubro 18, 2017

O adolescente teria roubado 30 gramas de maconha e, por conta disso, levou dois e pauladas na cabeça de traficantes


O ditado “aqui se faz, aqui se paga” atingiu em cheio dois bandidos de Minas Gerais. Eles são suspeitos de sequestrar, dar dois tiros e ainda pauladas na cabela de um jovem de 18 anos.

O adolescente foi dado como morto pelos suspeitos, que o enterraram em uma cova. Mas ele conseguiu sair dela e chegar até uma rodoviária. Após um mês em coma, a vítima recobrou os sentidos e conseguiu denunciar os criminosos.

De acordo com matéria publicada pelo Extra, Sérgio Costa da Silva, 24 anos, e Carlos Vinícius dos Santos Pereira, 28, foram presos na última segunda-feira (16/10) pela Polícia Civil do estado sob a acusação de participarem do sequestro e tentativa de homicídio do rapaz.

O crime aconteceu no dia 26 de julho. O adolescente teria roubado 30 gramas de maconha. Por conta disso, traficantes de Santa Luzia, município da Região Metropolitana de Belo Horizonte, levaram-no para local em Confins, onde ele levou dois tiros na cabeça, perdendo o olho direito.

Ana Maria da Silva, de 38 anos, que também foi presa na operação, teria avisando a mãe da vítima que o sequestro aconteceu porque ele roubou a droga. A suspeita chegou a indicar onde o corpo havia sido enterrado, mas as buscas não resultaram em nada.

Praticamente um mês depois da tentativa de homicídio, a mãe do jovem foi avisada pela equipe do serviço social do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, que seu filho estava em coma. Ao se recuperar, ele foi capaz de indicar Sérgio e Carlos Vinícius como autores da tentativa de homicídio, com a participação de Ana Maria.

Fonte: Metrópoles







Compartilhe

Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todos o conteúdo é de inteira responsabilidades de seus autores

Relacionadas

Anterior
« Proximo