Header Ads

http://www.cabocampos.com.br/

Autor de homicídio é degolado e grupo enfia cabeça em estaca

“Negão”, de acordo com a polícia, foi decapitado após ter matado um jovem durante uma festa na cidade.

Em um caso de linchamento, um homem identificado pela alcunha de “Negão” morreu na madrugada desta quarta-feira (4) no Povoado Bom Gosto, no município de Tutoia, localizado no norte do Maranhão. De acordo com informações repassadas por fontes policiais da região, ele matou um rapaz a tiros e as pessoas presenciaram o crime o degolaram, enfiando a sua cabeça em uma estaca.

Segundo o delegado Rubem Sérgio, da Delegacia de Tutoia, tudo começou depois de uma briga após a chegada de um veículo Saveiro com um “paredão”, cujo som alto disputava com o barulho das músicas que tocavam em um bar onde estavam “Negão”, que também é conhecido como “Melque” ou “Esqui”; Paulo Víctor Cardoso Pinto, de 24 anos, e outras pessoas, curtindo uma festa no local, com muita bebida alcoólica sendo oferecida aos consumidores.

Durante a confusão, “Melque” sacou uma arma de fogo e atirou em Paulo Víctor, que morreu no próprio bar. Enquanto isso, ainda em clima tenso, “Negão” correu e se escondeu, mas a população o procurou e o encontrou, espancando-o. Depois, decapitaram o suspeito e deixaram a cabeça na estaca, em uma cena comum em filmes de terror. Por fim, como o delegado Rubem descreveu, o grupo incendiou o corpo de “Esqui”.

Após a polícia ser acionada, foram presos Edenilson e Gabriele, comparsas de “Negão”, que teria saído de Vargem Grande/MA para cometer assaltos em Tutoia com a companhia de Fabrício, que foi preso recentemente na cidade onde “Esqui” foi degolado. De acordo com o delegado, outro membro do bando, Luciano, conhecido como “Chupa”, encontra-se foragido. Um revólver calibre 38 foi apreendido pelos investigadores.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.