Após ameaçar testemunhas, montador de imóveis volta para a prisão

outubro 09, 2017

Marcos Silva Brito é acusado de estuprar e matar uma mulher, em fevereiro deste ano

Marcos Silva Brito é acusado de estuprar e matar uma mulher. (Divulgação /Polícia Militar )

IMPERATRIZ – O montador de imóveis, Marcos Silva Brito, de 26 anos, voltou para o presídio após ter sido liberado na Audiência de Custódia. Assassino confesso da jovem Antonia Cláudia Ferreira Dias, de 32 anos, Marcos estava respondendo o processo em liberdade. Mas foi denunciado novamente por está ameaçando uma das testemunhas do crime, motivo pelo qual voltou para a prisão, na última sexta-feira (06).

Marcos Silva Brito é acusado de ter estuprado e assassinado a jovem Antonia Cláudia Ferreira Dias, de 32 anos, crime praticado em fevereiro deste ano. O montador de imóveis, além de confessar o crime, levou a polícia até o local onde o corpo foi desovado, um matagal localizado no bairro Imigrantes, periferia de Imperatriz.

Na época, ele disse de maneira fria, à polícia que conheceu a mulher numa festa e resolveram sair. Sob o efeito de drogas, mantiveram relações sexuais, segundo ele, consentidas. O assassinato teria ocorrido após uma discussão entre o suspeito e a vítima por causa de um celular, que a mulher teria tomado da mão dele. Em meio à discussões, ele teria asfixiado a vítima, que morreu na hora.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo foi encontrado sem roupas na superfície, em adiantado estado de decomposição como as vísceras expostas em decorrência do período. O crime aconteceu no dia 18 de fevereiro.

Fonte: IMIRANTE.COM






Compartilhe

Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todos o conteúdo é de inteira responsabilidades de seus autores

Relacionadas

Anterior
« Proximo