Header Ads

http://www.cabocampos.com.br/

Filhos e enteados de Romero Jucá são alvo de operação da PF

Policiais cumprem nove mandados de busca e apreensão e oito de condução coercitiva contra familiares do líder do governo no Senado


A Polícia Federal de Roraima, em conjunto com a Receita Federal, deflagrou, na manhã desta quinta-feira (28/9), a Operação Anel de Giges em Brasília, Boa Vista e Belo Horizonte para investigar organização criminosa acusada de peculato, lavagem de dinheiro e desvio de verbas públicas. São cumpridos nove mandados de busca e apreensão e oito de condução coercitiva contra filhos e enteados do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

A investigação apurou o desvio de R$ 32 milhões dos cofres públicos com o superfaturamento da compra da Fazenda Recreio, em Boa Vista, e na construção do empreendimento Vila Jardim, financiado com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida no bairro Cidade Satélite, também na capital de Roraima.

São investigadas as transações decorrentes da venda da Fazenda Recreio para a construção da Vila Jardim, bem como a fiscalização e a aprovação do empreendimento na Caixa Econômica Federal.

Os investigados estão sendo conduzidos coercitivamente à Polícia Federal, interrogados e indiciados pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, que preveem penas de até 30 anos de reclusão. As investigações continuam, com a análise do material apreendido e a apuração do envolvimento de outros integrantes nas práticas criminosas.

O nome da operação foi inspirado na citação existente no Livro II da obra filosófica “A República”, de Platão, na qual é discutido o tema da Justiça. O Anel de Giges permite ao seu portador que fique invisível e cometa ilícitos sem consequências.

Com informações da Agência Estado



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.