MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/

Taxistas protestam contra aplicativo de transporte de passageiros em São Luís

Por conta da manifestação, o trânsito ficou complicado em diversas avenidas de São Luís. Categoria cobra a fiscalização do serviço de transporte de passageiros Uber.

video

Uma manifestação causada por centenas de taxistas que atuam em São Luís deixou na manhã desta segunda-feira (21) o trânsito interditado em vários pontos da capital maranhense.

De acordo com a categoria, a manifestação reivindica a fiscalização por parte da Prefeitura de São Luís em relação ao serviço de transporte de passageiros através do aplicativo “Uber”. Os taxistas afirmam que por conta da concorrência estão ficando prejudicados e cobram da prefeitura a retirada dos veículos que prestam esse tipo de serviço.

Após a promulgação do projeto de Lei nº 119/2015 pela Câmara Municipal de São Luís, o Uber está suspenso em São Luís desde o dia 26 de abril de 2016. Desde esse período, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) deve fazer a fiscalização dos veículos irregulares.

Taxistas fazem manifestação contra aplicativo de transporte de passageiros em São Luís. (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Centenas de táxis foram estacionados na Avenida Beira-Mar e os taxistas se concentram no inicio da Ponte do São Francisco em São Luís. Por conta da manifestação estratégica, as avenidas dos Franceses, Getúlio Vargas e a rua Rio Branco ficaram completamente engarrafadas. Para tentar fluir a situação nas avenidas, agentes de trânsito liberaram uma passagem na contramão.

Por conta da manifestação, trânsito ficou engarrafado em diversas avenidas de São Luís. (Foto: Reprodução/TV Mirante)
“A gente ta pedindo aqui que seja cumprida a fiscalização! Em reunião com o secretário Canindé Barros ele garantiu que na segunda-feira ia começar a fiscalização e até agora não começou. Então os taxistas estão sendo penalizados, 80% da nossa renda caiu”, afirmou o taxista Mario Marinho.

O presidente do sindicato dos taxistas Renato Medeiros, estimou que mais de 600 veículos participaram da manifestação e cobrou a fiscalização do serviço. “Acredito que mais de 600 carros de São Luis estão na ponte do São Francisco reinvindicando seus direitos e nós queremos a fiscalização. É tanto carro irregular dentro de São Luis que ultrapassa o número de taxis legais. Então nós não podemos trabalhar, a classe está passando fome”, disse.

Veículos ficaram parados na Avenida Beira Mar como forma de protesto contra aplicativo de serviço de passageiros. (Foto: Reprodução/TV Mirante)
A Polícia Militar esteve no local para tentar acalmar os manifestantes. Em alguns momentos, ao tentar a negociações com a categoria para retirar os veículos da avenida, houve tumulto.

Em nota, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) disse que mantém diálogo com as duas categorias e que realiza operações de combate ao transporte irregular de passageiros, por meio de fiscalizações que acontecem diariamente.
Trânsito ficou engarrafado em diversas avenidas da capital maranhense. (Foto: Reprodução/TV Mirante)





0 comentários: