Header Ads

http://www.cabocampos.com.br/

Deputado Cabo Campos destaca abertura da Semana dos Povos Indígenas

Deputado Cabo Campos durante pronunciamento no Plenário Nagib Haickel (Foto: Agência Assembleia)
Nessa terça-feira (8), o deputado Cabo Campos (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) para destacar o início da Semana dos Povos Indígenas, no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, localizado no Centro Histórico de São Luís.

— É com muita satisfação que hoje venho a esta tribuna convidar a todos, não só os deputados, mas toda a sociedade maranhense para a abertura da VII Semana dos Povos Indígenas.

Durante o seu pronunciamento, o parlamentar relembrou o início da sua trajetória frente à garantia das prerrogativas historicamente negadas aos indígenas.

— Este deputado que vos fala começou uma trajetória junto aos povos indígenas, através do Tenente Paulo Sérgio, que heroicamente, juntamente com mais 43 Bombeiros Militares, voluntariamente, foram até Araribóia apagar o incêndio que a meu ver era criminoso.

O incêndio na Terra Indígena de Araribóia durou mais de um mês e ameaçou cerca de 12 mil índios da etnia Guajajara e outros 80 da Awá-Guajá, composta por nômades e uma das únicas do planeta sem contato com a civilização. Ao todo, mais de 50% da área florestal foi destruída pelo fogo, segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA)

Após o ocorrido, o parlamentar informou que passou a visitar essas comunidades, acolhendo demandas e articulando políticas públicas nas áreas da educação, saúde, cultura, esporte, segurança territorial e produção e renda voltadas para os indígenas.

A Semana dos Povos Indígenas

O evento teve início nesta quarta-feira (9) e se estenderá até esta sexta-feira (9). A data escolhida para realização da cerimônia de abertura é uma referência ao Dia Internacional dos povos indígenas, estabelecido pela Organização das Nações Unidas em 1995. Segundo a Sedihpop, a programação visa estimular o debate sobre a identidade cultural dos indígenas, aumentando sua visibilidade através de expressões culturais.

Veja a programação completa!

PROGRAMAÇÃO

9 DE AGOSTO
9h às 10h – Solenidade de abertura
Local: Teatro Alcione Nazaré, no Centro de Criatividade Odylo Costa, filho, Centro Histórico de São Luís
Cantos Cerimoniais do Povo Canela

10h às 12h – Palestra: Povos Indígenas no Brasil: desafios e perspectivas na atualidade
Participantes Convidados:
Prof. Dr. Alfredo Wagner Berno de Almeida – Coordenador do Projeto Nova Cartografia Social e Política da Amazônia – UEA
Sônia Bone Guajajara – Coordenadora da Associação dos Povos Indígenas do Brasil –APIB
Local: Teatro Alcione Nazaré

12h – Abertura das Exposições Fotográficas, Arqueológica e Etnográfica
Apresentação Cultural: Cantos Tenetehara
Galeria Valdelino Cécio – Centro de Criatividade Odylo Costa, filho
Apresentação Cultural

12h30 – almoço (Casa do Maranhão)

14h às 15h – Oficina 1: Cestaria Tradicional Canela
Ministrante: Juliana Jilot Canela
Local: Sala de Multimídia – 20 participantes

15h30 – 17h30 – Mesa Redonda 1 – Jovens Indígenas: avanços e desafios na educação superior
Participantes Convidados:
Magno Guajajara – Estudante da UEMA
Vladimir Rodiporo Canela – Licenciatura Intercultural – UEMA
Kari Guajajara – Estudante de Direito – UFMA
Valquíria Torres Tremembé – Estudante de Serviço Social – CEUMA
Prof. Draª Marivânia Furtado (Representante da Comissão do Curso em Licenciatura Intercultural – UEMA)
Mediação: Ana Carolina Ramos – doutoranda em Antropologia – USP
Local: Teatro Alcione Nazaré

17h30 – Apresentação Cultural – Cantos e Danças Cerimoniais Indígenas
Local: Anfiteatro Beto Bitencourt

18h30 – Jantar (Casa do Maranhão)
19h às 20h – Etnocine – Mostra de filmes etnográficos
Local: Anfiteatro Beto Bitencourt

10 DE AGOSTO
Apresentação Cultural

9h às 10h – Oficina 2: Língua Tupi Guarani
Local: Sala de Multimídia – 20 participantes

10h às 12h – Mesa Redonda 2
Ritos de Passagem: A Festa do Ketwayê dos Canela
Ritos de Passagem: Festa da Barriguda dos Krikati
Local: Teatro Alcione Nazaré

12h – Apresentação Cultural

12h30 – Almoço (Casa do Maranhão)

14h às 15h – Oficina 3: Pintura corporal Krikati e Guajajara
Local: Sala de Multimídia – 20 participantes

15h – 17h – Mesa Redonda 3 – Os Krenyê, os Tremembé e os Gamela: a Luta por Território e Reconhecimento Étnico no Maranhão
Local: Teatro Alcione Nazaré

17h30 – Cortejo Cultural dos Povos Indígenas

18h30 – Jantar (Casa do Maranhão)

19h30 às 20h30 – Exibição do documentário: A Festa dos Encantados
Local: Cine Praia Grande

11 de agosto – sexta feira – manhã
9h às 10h – Oficina 4: Cantos e Narrativas tradicionais dos Canela

10h às 12h – Mesa Redonda 4 – Ritos de Passagem
Festa do Kãwi dos Ka’apor
Festa dos Rapazes dos Tenetehara
Local: Teatro Alcione Nazaré

12h – Apresentação Cultural

12h30 – Almoço (Casa do Maranhão)

11 DE AGOSTO
14h às 15h – Reunião de Articulação da Audiência Pública com os Povos Indígenas – COAPIMA e Assessoria da Assembleia Legislativa
Local: Sala de Cursos – Centro de Criatividade Odylo Costa Filho

Encerramento
15h às 18h – Show: Talentos Indígenas
Local: Galeria Valdelino Cécio

Feira Arte e Artesanato Indígena
Período: 09 de agosto a 11 de agosto – diariamente
Local: em frente ao Odylo Costa, filho – Praia Grande






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.