Policiais militares são presos suspeitos de fazer família refém no MA

ad+1

Soldado Edoriel Tales Taques Albuquerque e o cabo Wellington Bispo Nunes pertencem ao batalhão da Rotam do Mato Grosso.

Dois policiais militares da Rotam do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel da Polícia Militar (PM) de Mato Grosso foram presos no município de Santa Luzia, a 294 km de São Luís. Eles são suspeitos de fazerem uma família refém para cobrar uma dívida. O caso ocorreu no povoado Faíza, localizado na zona rural da cidade.

Segundo a polícia, eles teriam chegado a manter uma família, refém, amarrada, sob a mira de armas para forçar o pagamento da tal dívida. O soldado Edoriel Tales Taques Albuquerque e o cabo Wellington Bispo Nunes agiram junto com outros dois homens, que também foram presos, de acordo com a polícia.

O comando da PM de Mato Grosso foi informado da prisão dos policiais e disse que os dois haviam pedido folga no início da semana.

Com o grupo, a polícia apreendeu armas as armas usadas para intimidar as vítimas, além de rádios de comunicação.


Fonte: G1 MA



0 comentários:

http://www.maranhaonews.net/