MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/
http://www.maranhaonews.net/

Polícia investiga crime que chocou Timbiras

Maria Rodrigues de Azevedo foi morta a golpes de marreta pelo ex-marido, Francisco da Conceição Silva, que estaria inconformado com o fim do relacionamento.

video

A Polícia Civil investiga o assassinato de Maria Rodrigues de Azevedo, que foi morta a golpes de marreta em Timbiras, a 316 km de São Luís. De acordo com as primeiras apurações, o principal suspeito seria Francisco da Conceição Silva, marido da vítima, que estaria inconformado com o fim do relacionamento.

Segundo as investigações, Francisco teria assassinado com golpes de marreta na cabeça a esposa enquanto ela dormia e, após cometer o crime, ele pegou uma espingarda e atirou na sua própria cabeça. A vitima teve o crânio gravemente fraturado e teve morte instantânea. Francisco não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

Maria Rodrigues de Azevedo estaria há dez dias separada do ex-marido, Francisco da Conceição Silva. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Gilvan de Sousa, delegado responsável pelas investigações, explica que de acordo comas investigações o suspeito após a separação teria abandonado a casa, mas em seguida teria voltado talvez já pré meditando o crime. “Eles já haviam separado, separação de corpos, mas ele havia retornado na casa e estavam dormindo inclusive em quartos separados. Mas infelizmente o que levantamos até o momento é que a motivação dessa tragédia foi a separação do casal”, explica.

O casal que estava separado há dez dias tinha dois filhos pequenos que estão por enquanto em casa de parentes, mas segundo o delegado, devem ser encaminhados para órgãos de assistência social. “O que levantamos é que eles tinham dois filhos menores que até o momento se encontram com a tia, e nos vamos acionar o serviço social do município para prestar à questão de auxilio e apoio psicológico as crianças”, finalizou.
Francisco da Conceição Silva estaria inconformado com o fim do relacionamento. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

0 comentários: