http://www.maranhaonews.net/

PIAUÍ: Mulher denuncia marido por agressão, é ameaçada e passa noite em matagal

http://www.cabocampos.com.br/

Uma trabalhadora rural não identificada passou a noite do último sábado (3) escondida em um matagal na zona rural de Sigefredo Pacheco (160 km de Teresina), após ser ameaçada pelo cunhado, Alexandro Teixeira do Nascimento. Ele foi preso em flagrante pela ameaça e por portar uma espingarda artesanal. 

O delegado Andrei Alvarenga, de Campo Maior (78 km de Teresina), informou que a PM fez a condução do homem após denúncia da vítima. Ela teria sido ameaçada de morte porque denunciou o marido - irmão de Alexandro - à polícia, afirmando ter sido vítima de violência doméstica. 

"Infelizmente é um caso muito complicado, que é criminal mas também assistencial, ela precisa de apoio. Ela tem dois filhos com o marido. O cunhado, segundo ela conta, não queria entregar os filhos somente para ela, apenas se o pai estivesse junto", disse o delegado. 

A denúncia contra o marido ocorreu na cidade de Esperantina (174 km de Teresina) e, lá, ele ficou preso. De volta a Sigefredo Pacheco, ela deixou os filhos - de três e seis anos - com a sogra, para concluir a denúncia contra o companheiro. 

De volta à casa da sogra, onde o cunhado também morava, a mulher não conseguiu levar os filhos com ela.

"O cunhado acabou perdendo a cabeça e a ameaçou com uma espingarda, ela teve que fugir e passou a noite em um matagal. Somente depois que achou pessoas de bom coração foi que conseguiu acionar a Polícia Militar", disse. 

Com ajuda da polícia, ela conseguiu ir embora com as crianças. Agora, o marido e o cunhado permanecem presos. Alexandro reponderá por ameaça e posse ilegal de arma de fogo. O marido responderá pela agressão contra a vítima. A mulher está recebendo apoio assistencial. 

0 comentários: