Rodoviários decidem em assembleia pela greve para o próximo dia 5 - Maranhão News

29 maio, 2017

Maranhão News

Rodoviários decidem em assembleia pela greve para o próximo dia 5

O movimento poderá ser suspenso caso, nesse intervalo, o SET ofereça propostas que atendam aos interesses da categoria.

Reunião no Sindicato dos Rodoviários. (Fotos: Francisco Silva)

Por unanimidade, motoristas, cobradores e fiscais decidiram, nesta segunda-feira (29), em assembleia ocorrida na sede do Sindicado dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Maranhão (STTRMA), pela deflagração da greve da categoria, que foi agendada para começar no próximo dia 5. No entanto, o movimento poderá ser suspenso caso ocorra negociação nesse intervalo. Uma das reivindicações é o reajuste salarial de 13%.

Conforme explicou o presidente do STTRMA, Isaías Castelo Branco no decorrer da assembleia deliberativa – que começou por volta das 9h -, que, no mês de março deste ano, o sindicato enviou a proposta ao Ministério Público, por meio da Promotoria do Trabalho, e ao Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros (SET), mas a negociação não avançou, pois travou. O SET, em contrapartida, apenas ofereceu 2,5% de reajuste, o que é considerado “indecente” para os rodoviários.

Os rodoviários, por outro lado, pedem um reajuste salarial de 13% e mais um aumento do ticket-alimentação no valor de R$ 650, que, atualmente, é de R$ 490. Segundo Isaías, além de lançar uma “proposta indecente”, o SET ainda pretende que os trabalhadores paguem metade do plano de saúde, o que é considerado um absurdo para o Sindicato dos Rodoviários. Como as negociações travaram, o STTRMA convocou a assembleia, para que ocorresse a deliberação sobre as próximas etapas do movimento.

Durante a votação, praticamente todos os rodoviários que compareceram ao local optaram por cruzar os braços, tendo em vista que suas reivindicações não foram atendidas. Contudo, a greve, embora tenha sido decidida para começar na próxima segunda-feira (5), por conta do prazo de 72 horas previsto na legislação nesses casos, a paralisação poderá ser suspensa caso o “Sindicato Patronal” entre em contato e ofereça propostas que deixem os motoristas, cobradores e fiscais satisfeitos, o que deverá ser novamente decidido em assembleia.

Maranhão News

Autor: Maranhão News

Apenas os artigos assinalados não se refere ao Maranhão News, e todo seu conteúdo são de inteira resposabilidaes de suas fontes.

Inscreva-se e receba nossas postagens por email :