Novos policiais motorizados reforçam a segurança nas ruas de São Luís - Maranhão News

20 maio, 2017

Maranhão News

Novos policiais motorizados reforçam a segurança nas ruas de São Luís

Os novos integrantes da equipe Albatroz participaram, na última semana, do Curso de Instrução de Nivelamento de Motopatrulhamento Tático.

Trinta e dois policiais militares da 3ª Companhia do 6º Batalhão de Policiamento Metropolitano (BPM), na cidade Olímpica, estão preparados para combater a criminalidade. Os novos integrantes da equipe Albatroz participaram, na última semana, do Curso de Instrução de Nivelamento de Motopatrulhamento Tático.


As aulas foram dadas pela equipe do Esquadrão Águia, do Batalhão de Choque da PM. Dois agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) também fizeram parte do treinamento.

O 6º Batalhão é responsável pela segurança e policiamento em 86 bairros da área leste de São Luís. Atuando em situações variadas, a unidade é responsável pela segurança de aproximadamente 300 mil habitantes que vivem na região e conta com um policiamento ostensivo que vem ajudando a reduzir os índices de criminalidade no bairro que já foi apontado como um dos mais violentos da capital, a Cidade Olímpica.

“A necessidade do treinamento veio em razão da chegada de novas motocicletas e de 50 novos policiais direcionados para o 6º BPM. A partir daí, redirecionamos um contingente de 32 PMs para a equipe Albatroz”, conta o comandante de do 3º Companhia, coronel Aritanã Lisboa.

O aumento do policiamento motorizado, existente desde 2014 no batalhão, vai colaborar no combate ostensivo do tráfico de drogas, assaltos e em qualquer situação que seja necessária mais agilidade ou em locais inacessíveis para automóveis de quatro rodas. “Essa nova turma vai atuar principalmente nos bairros do São Raimundo, Cidade Olímpica e Cidade Operária, locais que necessitam do uso de moto para cobrir a área em sua totalidade”, diz o comandante.

O treinamento é feito em dois dias para policiais que já têm habilitação para motocicletas. O curso inclui noções que vão desde a subida mais rápida e segura no veículo até abordagens com manuseio de armas de fogo em movimento.

“Esses homens que aqui estão já são treinados para operar em qualquer tipo de situação. Eles saem da academia completamente preparados para defender a população, mas o curso de motopatrulhamento tático oferece uma especialização de abordagens”, diz o comandante do Batalhão de Choque, sargento Welington da Silva, um dos instrutores do curso.

“Eles saem daqui qualificados para operar em situação adversas, em que têm de se preocupar com a segurança da população e com a da equipe em situação de roubo, perseguição e abordagens”, acrescenta.

Para o soldado Luciano Pereira, na PM do Maranhão desde 2012, o curso abre um novo caminho para a luta contra a criminalidade: “É uma honra participar desse treinamento e do esquadrão de motos e saber que sairemos prontos para atender a comunidade de uma forma bem melhor”.

O curso para novos albatrozes é oferecido pelos policiais do Batalhão de Choque, que participaram de um treinamento oferecido pela PM de São Paulo, no ano passado.

Eles tiveram aulas práticas e teóricas com componentes da Rotam, a Companhia de Motopatrulhamento, e se alegram em dividir o conhecimento com os novos albatrozes

“Nós participamos do treinamento oferecido pela Rotam para os guerreiros maranhenses e depois disso, além de colocar em prática os conhecimentos adquiridos no curso, também podemos dividir o conhecimento com outros policiais” conta o sargento Mosaniel.

Fonte: Governo do Estado

Maranhão News

Autor: Maranhão News

Apenas os artigos assinalados não se refere ao Maranhão News, e todo seu conteúdo são de inteira resposabilidaes de suas fontes.

Inscreva-se e receba nossas postagens por email :