Moradores em Codó denunciam ausência de agentes de endemias - Maranhão News

04 maio, 2017

Maranhão News

Moradores em Codó denunciam ausência de agentes de endemias

Cerca de 500 famílias que vivem no Morro da Televisão reclamam que agentes de endemias não estão realizando visitas em suas casas.

moradores temem contrair doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti em Codó (MA). (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Cerca de 500 famílias que vivem em uma região conhecida como Morro da Televisão no município de Codó, a 290 km de São Luís, reclamam que agentes de endemias não estão realizando visitas em suas casas. Por conta da situação, a comunidade teme contrair doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti.

Alguns moradores afirmam que durante este ano foram visitados pelos agentes apenas uma vez. Já outros residentes dizem que os agentes de endemias não estão fzendo as visitas desde o ano de 2016.

Raimunda da Silva, uma das moradoras da região, afirma que apesar da falta dos agentes ela realiza a prevenção contra os focos do mosquito, mas teme que os vizinhos não façam o mesmo. “Eu não deixo nem casca de ovos assim [jogado]... imagine lata de sardinha! Faço tudo isso por conta própria... a gente tem que cuidar da gente né não?”, disse.

Maria Gomes, que também é moradora, alega que passou dias com sintomas de dengue e pede que a Prefeitura resolva a situação e volte a usar o carro fumacê na região. “Oito dias que passei com febre, dor no corpo e diarreia. Fui parar na UPA por causa disso e desconfio que tem a ver com esses mosquitos que mordem a gente... Eu peço que eles voltem a passar com o carro fumacê por aqui, para ver se diminui mais esses mosquitos”, finalizou.

Segundo o assessor de endemias de Codó, José Maria Macêdo, as vistas dos agentes endemias estão acontecendo e regularmente. Ele ainda reitera que o uso do carro fumacê deve voltar a circular na região depois do resultado do levantamento de infestação do Aedes, que deve ser divulgado ainda esta semana.

Fonte: G1 MA

Maranhão News

Autor: Maranhão News

Apenas os artigos assinalados não se refere ao Maranhão News, e todo seu conteúdo são de inteira resposabilidaes de suas fontes.

Inscreva-se e receba nossas postagens por email :