Rodoviários decidem aderir e vão parar 100% da frota

ad+1

A decisão foi comunicada durante reunião realizada às 10h desta quinta-feira (27).

A decisão foi comunicada durante reunião realizada às 10h desta quinta-feira (27).
Os funcionários vinculados ao Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (Sttrema) decidiram aderir à greve geral contra as reformas trabalhistas e da Previdência, nesta sexta-feira (28). A decisão foi comunicada durante reunião realizada às 10h desta quinta-feira (27).

De acordo com o presidente do Sttrema, Isaías Castelo Branco, a decisão foi unânime entre os 5 mil sindicalizados, e todos os ônibus coletivos da capital maranhense ficarão retidos nas garagens das 00h às 18h de sexta-feira. “Ficaremos agrupados nos portões das garagens, nenhum coletivo sairá delas, a partir do horário das 00h às 18h”, pontuou Isaías Castelo Branco.

Segundo presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Joel Nascimento, que participou da reunião do Sttrema, entre as outras categorias que decidiram aderir ao movimento, está o Sindicato dos Bancários, responsável tanto pelas agências bancárias públicas quanto as privadas, o Sindicato Nacional dos Aeronautas. Segundo Joel Nascimento, com base em nota oficial da categoria, os voos em São Luís deverão ser suspensos nesta sexta-feira.

Ainda, o presidente da CTB informou que os sindicatos dos professores da rede pública e privada de ensino também teriam garantido a paralisação nas escolas. E, os comerciários devem cruzar os braços; as lojas do Centro de São Luís ficarão fechadas durante todo o dia de amanhã.

“A greve é geral e nacional, e toda a população está convocada a participar. Teremos pontos de concentração na barragem do Itaqui-Bacanga, na BR-135, e no Centro da cidade, isso, a partir das 00h de sexta-feira”, informou Joel.

0 comentários:

http://www.maranhaonews.net/