PE: Após roubo de carga 02 criminosos morreram e um ficou ferido em confronto com policiais

abril 07, 2017
Na manhã desta última quarta-feira (05) dois criminosos morreram e um de 16 anos ficou ferido durante confronto com policiais em Quipapá (184 km de Recife). De acordo com a Polícia Militar, os policias do 10º BPM de Palmares foram informados de que criminosos estavam roubando caminhões de cargas na PE-177 no município de Quipapá. 
Dois criminosos morreram durante troca de tiros com policiais
Diante das informações, uma viatura com três policiais foram até o local e localizaram um adolescente com um revólver calibre 38 na mão que fazia o motorista do caminhão e seus dois ajudantes como refém. Ao avistar a viatura da PM o menor efetuou um disparo contra a guarnição que reagiu e conseguiu balear o marginal no abdômen. 

O adolescente foi encaminhado pelos policiais ao Hospital Regional do Agreste (HRA) onde permanece internado sob custódia policial. Já as vítimas foram encaminhadas à delegacia da região e informaram que estavam em um caminhão baú com carga de produtos de limpeza e alimentos, que foi levado por outros quatro bandidos. Em seguida os militares foram à procura do caminhão roubado juntamente com outras duas equipes especializadas, o GATI e a ROCAM. 

Após buscas, os policiais encontraram o caminhão baú e deram ordem de prisão aos assaltantes, mas os marginais não obedeceram a ordem e efetuaram disparos contra os policiais que reagiram dando início a uma perseguição e uma intensa troca de tiros. No confronto os criminosos identificados como Álvaro Rodrigues da Silva de 19 anos e José Idson dos Santos de 22 anos, conhecido popularmente como “Dissinho” foram baleados e acabaram morrendo. 

Com eles a polícia apreendeu dois revólveres calibre 38 com no total 11 munições, um rádio comunicador e dois celulares. Um policial do GATI também ficou ferido, foi socorrido ao Hospital Regional de Palmares e não corre risco de morte. 

O caminhão e a carga roubada foram recuperados pelas equipes policiais e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Quipapá.

Fonte: Agreste Violento

Compartilhe

Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todos o conteúdo é de inteira responsabilidades de seus autores

Relacionadas

Anterior
« Proximo