Após o corte de R$ 2 milhões no recurso da saúde de Caxias por Dino, Fábio Gentil vai a Brasília recuperar o dinheiro perdido

março 16, 2017

Depois que o governo Flávio Dino e Humberto Coutinho partiu para a perseguição à gestão de Fábio Gentil, cortando R$ 2 milhões nos recursos da saúde, sem nenhum critério técnico, deixando, com isso, a UPA e a Maternidade numa situação de penúria, Gentil buscou ajuda no governo federal.

O prefeito Fábio Gentil por diversas vezes esteve na Secretaria de Saúde do Estado, onde encontrou dificuldades para que repusessem os recursos retirados.

Diante disso, o prefeito buscou a bancada senatoria do Maranhão em Brasília, que de imediato marcou uma reunião no Ministério da Saúde.

Hoje (15), Fabio Gentil e os três senadores maranhenses: João Alberto, Edison Lobão e Roberto Rocha estiveram no gabinete do Ministro da Saúde Ricardo Barros, para expor a situação de Caxias e Imperatriz.

O foco principal da reunião foi a recuperação dos recursos retirados pelo governo Flávio Dino.

Fábio Gentil, em vídeo, fala da preocupação dos três senadores com a situação que se encontra a saúde de Caxias e Imperatriz.

O prefeito informou que Caxias como pólo atende mais de 50 municípios e que por isso jamais poderia ser penalizado pelo governo do Estado.

O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, garantiu que analisará e avaliará, em caráter de urgência, os problemas e que resolverá.

O senador Roberto Rocha chamou essa perseguição de “doença política”…

Que sirva de exemplo aos prefeitos maranhenses!!!

Compartilhe

Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todos o conteúdo é de inteira responsabilidades de seus autores

Relacionadas

Anterior
« Proximo