MARANHÃO NEWS

17 fevereiro, 2017

Desaparecimento de policiais completa três meses

Os dois policiais desaparecidos são lotados na 14ª Companhia Independente (14ª CIA) do município.


Nesta sexta-feira (17), completa três meses que o cabo Júlio César da Luz Pereira e o soldado Carlos Alberto Constantino Sousa desapareceram em Buriticupu. No mês passado, a produção do MA10 conversou com a filha do cabo César. Segundo Emilly da Luz Pereira, o caso está sendo tratado com negligência pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP- MA). “É desesperador não saber de nada, não saber realmente o que aconteceu. É visível o desmazelo com este caso desde o desaparecimento deles”, relatou ela.

Investigações

As investigações foram iniciadas um dia após o desaparecimento e seguem em sigilo. O Coronel Marcos Lima, responsável pelo Comando de Policiamento da Área III da região, informou que os policiais não entraram em contato com a família no dia do ocorrido, e que no dia seguinte, a equipe havia encontrado o carro da vítima abandonado em um assentamento na zona rural do município.

Testemunha

No último dia 26 de janeiro, um relato de uma testemunha de nome não revelado, sugeriu que quatro pessoas poderiam estar envolvidas no desaparecimento do cabo Júlio César da Luz Pereira e do soldado Carlos Alberto Constantino Sousa (fotos). Entre os suspeitos estão, dois soldados, um major e um tenente da Polícia Militar.

Entramos em contato com a delegada responsável pelo caso, Nilmar Gama, que informou que não pode esclarecer nada a respeito das investigações, mas acredita que depois da semana de carnaval, a polícia se posicionará sobre o caso.

“As investigações continuam em andamento. E acreditamos que no final de fevereiro, haverá uma resposta à sociedade”, afirma a delegada.

Fonte: MA10
Compartilhe com seus amigos...
ATENÇÃO: Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todo conteúdo é de inteira responsabilidade de seus autores.