MARANHÃO NEWS

29 janeiro, 2017

PM transmite a própria morte, ao vivo, pela internet


RIO — A tragédia pessoal de um policial militar — que filmou e transmitiu sua própria morte na noite de sábado — viralizou nas redes sociais, provocando comoção entre amigos, internautas e PMs que vivem uma das mais graves crises da corporação, com atrasos de salários e aumento da violência contra a própria corporação. Antes de atirar contra si mesmo, o soldado Douglas Vieira, de 28 anos, lotado no 24° BPM (Queimados), que passava por um processo de divórcio, disse: “E aí, tranquilidade? Tamu junto. Quero ver quem tem disposição pra ver bagulho ao vivo. Quem não tem estômago, mete o pé. O bagulho vai ficar doido agora”. Em seguida, ele aponta a arma na cabeça e atira. Nas imagens não é possível ver o PM morto, já que o celular cai da mão de Douglas e a imagem some.

Durante a transmissão, enquanto o policial falava, muitas pessoas pediam para que ele não cometesse o suicídio. “Pelo amor de Deus, Douglas”, “para com isso!”, “Por que você fez isso?” e “Douglas, para de bobeira” são algumas das mensagens que amigos do PM enviaram. A transmissão estava disponível apenas para os amigos do soldado.

Douglas deixa uma filha de um ano. Segundo Cleonilson Cruz, padrinho de Douglas, o corpo do policial foi retirado da casa dele, em Brás de Pina, na Zona Norte do Rio, por volta das 5h da manhã deste domingo. A ex-mulher de Douglas e Cleonilson já estão no IML. Ainda não há informações sobre o velório e enterro do policial, que estava há seis anos na corporação.

Leia mais em O Globo clicando aqui – http://migre.me/vXmiV
Compartilhe com seus amigos...
ATENÇÃO: Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todo conteúdo é de inteira responsabilidade de seus autores.