MARANHÃO NEWS

07 novembro, 2016

Polícia Civil prendeu 40 criminosos e apreendeu diversos adolescentes

Objetivando reprimir a criminalidade em todo Maranhão a Polícia Civil vem trabalhando de forma atuante e integrada.

Superintendente da Seic Thiago Bardal. Foto: Divulgação
A Polícia Civil do Maranhão em operações por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), realizou nestes últimos 60 dias prisões significativas, onde foram presas cerca de 40 pessoas por contra de envolvimento em ações criminosas. Nessas operações foram apreendidos diversos adolescentes. Ele estão respondendo na Justiça por auto de infração.

Objetivando reprimir a criminalidade na região metropolitana de São Luís a Polícia Civil vem trabalhando de forma atuante e integrada entre os seus departamentos e com a Polícia Militar, resultando em mais ações contra o crime no Estado.

O superintendente da Seic, Thiago Bardal, divulgou através de relatório as prisões realizadas pela Superintendência durante a Operação. Dentre os casos, foi apresentada a prisão de uma quadrilha de 09 pessoas nos municípios de Barra do Corda e Tuntum. A prisão contou com ações da Seic, do Departamento de Combate a Roubos e Cargas da Seic, e ainda da delegacia de Barra do Corda.

A ação da polícia já tinha prendido no mês de julho, 06 suspeitos, sendo que na primeira semana de setembro foram presos Valdenir Pereira do Nascimento, 49 anos, conhecido por “Rec”; Daniel dos Santos Araújo, o “Galeguinho e Orleans Moreira Cruz Filho, 31 anos, conhecido como “Filho”. Eles são suspeitos de participar de uma quadrilha envolvida em assaltos a cargas, com atuações nas cidades de Presidente Dutra, Tuntum e Barra do Corda.

Os criminosos foram indiciados pela prática de 10 assaltos, subtraindo mais de um milhão em cargas.

Prisão com entorpecentes

No mês de outubro, na 3ª semana, a suspeita Eliza da Silva Mouzinho foi presa durante ação da Seic. Ela foi encontrada no bairro da Vila Nice Lobão, em São Luís. No momento da prisão foram encontrados na residência de Eliza aproximadamente de 1,5 de crack e a quantia de R$ 8.270 reais, além de apetrechos para o tráfico.
Prisão por assaltos a bancos

Em outubro a Seic prendeu em flagrante delito, em Presidente Dutra, Raimundo Berlarmino da Silva, 44 anos. Ele foi preso devido o envolvimento no assalto ao banco de Governador Eugênio Barros. O criminosos ainda teve uma prisão decretada por envolvimento no assalto ao Banco do Brasil, do município de Gonçalves Dias, ocorrido no dia 22 de julho de 2016.

Na cidade de Teresina-PI foi preso Germano César Oliveira, 33 anos. Ele é suspeito de participar de diversos assaltos a bancos no Maranhão.

Ações de pronto enfrentamento contra a criminalidade

O superintendente da Seic, Thiago Bardal, afirmou que várias operações que visam o enfraquecimento das facções criminosas estão em andamento. Neste período, diversas prisões foram realizadas,inclusive com mulheres que ao terem seus companheiros presos, assumem o controle do tráfico.

De acordo com Thiago Bardal, o apoio do secretário de Segurança, Jefferson Portela, e o delegado Geral da Polícia Civil, Lawrence Melo, está contribuindo para que prisões envolvendo as pessoas que não tinham antecedentes criminais mas são usadas por criminosos aconteça.

Compartilhe com seus amigos...
ATENÇÃO: Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todo conteúdo é de inteira responsabilidade de seus autores.