MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/
http://www.maranhaonews.net/

Força tarefa se reúne para tratar ações de combate aos incêndios florestais em Caxias

Reunião da força tarefa do Governo do Estado que está organizando ações de combate a incêndios florestais no interior do Maranhão. Foto: Divulgação
Depois de um fim de semana intenso de ações de combate a incêndios e de auxilio às famílias prejudicadas pelas chamas, a força tarefa do Governo do Estado voltou a se reunir, nesta segunda-feira (17), na sede da Casa Civil, em São Luís, para analisar as ações desenvolvidas e definir novas metas.

“Nós vamos continuar minimizando os efeitos das queimadas entre moradores das regiões atingidas; essa ação acontece tanto pelo trabalho de combate as queimadas, quanto por meio do apoio e suporte para os atingidos. O Governo do Maranhão sabe que este período de estiagem na região leste e em outras cidades vizinhas requer ações efetivas do estado”, explicou o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Além do reforço de 79 bombeiros militares do Batalhão de Bombeiros Ambiental de São Luís, o 5º Batalhão de Bombeiros Militar (BPM) do município de Caxias tem o apoio da Defesa Civil e do Centro Tático Aéreo (CTA) no combate aos incêndios e resgate das vítimas. Outro reforço que tem dado suporte às ações são os 20 homens na reserva operacional pertencente à escola de formação Tiro de Guerra (TG) de Caxias.

Além de combater os focos de queimada, a força tarefa do Governo do Estado auxilia as famílias que tiveram suas casas e plantações atingidas pelo fogo, por meio de doação de mais de mil cestas básicas, material de higiene e 15 barracas para os desabrigados.

“O Governo sabe que muitas famílias perderam tudo e está dando suporte para que não passem necessidades, nós garantimos que elas não ficarão sem a assistência necessária durante esse momento tão difícil. O próximo passo é identificar as necessidades e traçar a abordagens de programas que ajudem a recuperar as vidas dessas pessoas”, afirmou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista.

O levantamento detalhado das necessidades das áreas atingidas já foi iniciado. A medida busca identificar aspectos como as áreas atingidas, pessoas desabrigadas, necessidades dos desabrigados e auxílio para a retomada das criações e plantações perdidas.

O secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, explicou que técnicos do Sistema SAF, por meio da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão (Agerp) estão em campo mensurando o tamanho do prejuízo para as famílias. “Estamos traçando metas junto ao Governo Federal, para que ajudemos na recomposição financeira das famílias que perderam suas plantações e criações”, explicou o secretário, após vistoria realizada no fim de semana em Caxias.

Fonte: Secom/ Governo do Maranhão

0 comentários: