MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/
http://www.maranhaonews.net/

Detentos fogem do Complexo de Pedrinhas durante serviço de pintura

Fuga aconteceu na tarde desta sexta-feira (2) em São Luís. Apenados realizavam serviço no muro externo da prisão sem escolta.

Secretaria vai investigar abuso de confiança dos
agentes (Foto: Divulgação/Agentepenitenciário)
Dois presos fugiram do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na tarde desta sexta-feira (2), durante um serviço na área externa do prédio que era executado sem supervisão de agentes penitenciários ou monitores.

Segundo o Centro Integrado de Polícia e Segurança (Ciops) da Polícia Civil os fugitivos foram identificados como Daniel Sá Meneses Licar e Iago Henrique Fonseca Neves. Eles aproveitaram para fugir durante um serviço de pintura que faziam na parte externa no Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas (CDP).

Ao G1, um agente penitenciário, que preferiu não ter a identidade revelada, contou que é comum usar presos nos serviços de faxina do sistema prisional. “Eles usam os presos faxineiros para pintar mesmo. São os presos de confiança que fazem esse trabalho externo. Quando eles fugiram no fim da tarde havia uma moça esperando.” afirmou.

Os uniformes dos fugitivos foram encontrados no local estava sendo feito o trabalho. O G1 entrou em contato com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), que afirmou ter aberto sindicância para apurar a conduta dos agentes de segurança penitenciária que faziam a escolta dos internos. Confira a nota na íntegra abaixo.

NOTA

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) já comunicou à Corregedoria do Sistema Prisional do Maranhão a prática indisciplinar denominada 'abuso de confiança', cometida na tarde desta sexta-feira (2), pelos internos Daniel Sá Menezes Licar e Iago Henrique Fonseca Neves.

Ambos cumprem pena na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) São Luís 6, antigo CDP; e apesar do trabalho como remissão de pena e outros benefícios, os internos se evadiram da unidade carcerária, por volta das 15h.

A Seap também já abriu sindicância para apurar a conduta dos agentes de segurança penitenciária que faziam a escolta dos internos. A fuga dos apenados foi informada às polícias Civil e Militar para que auxiliem nas buscas e recaptura dos mesmos.

Fonte: G1 MA

0 comentários: