http://www.maranhaonews.net/

Quadrilha explode banco, fere dois moradores e suspeitos são mortos

http://www.cabocampos.com.br/


O secretário de Segurança, Fábio Abreu, confirmou que as duas pessoas presas nesta quinta-feira(05), após a tentativa de assalto à agência do Banco do Brasil, são um vigilante de escola e um pré-candidato a vereador de Avelino Lopes (cidade vizinha a Curimatá). 

Ele destacou que o vigilante teria uma propriedade na região, mas ainda não há confirmação e que ambos ajudariam a quadrilha com alimentação e apoio na rota de fuga. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados pelo secretário. 

De acordo com o comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto Gomes, os bandidos estão cercados por policiais do Piauí e da Bahia e, segundo ele, não há como saírem do Estado. “Nosso pronta-resposta foi muito rápida o que ajudou nesse cerco. Estamos no encalço do restante e não vamos dá fuga do Estado”, declarou.

Duas equipes do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) foram para a região e fazem os primeiros levantamentos junto aos presos. 

Atualizada às 9h17

Durante novo confronto com a polícia, mais um suspeito de participação na tentativa de assalto foi morto. A informação é do secretário estadual de segurança, Fábio Abreu. Segundo ele, o grupo disparou contra os policiais quando foram interceptados na fuga. 

"Eles atiraram e a polícia teve que entrar em confronto. Eles foram localizados na mata entre os municípios de Curimatá e Avelino Lopes", declarou. 

Logo após a troca de tiros, dois envolvidos foram presos. Eles estão colaborando com a polícia, segundo o secretário. 

"Eles não tinham passagens pela polícia e faziam o serviço de apoio logístico, porque são da região. Deram informações de percurso e rota de fuga", disse. 

Com os homens, foram localizados um fuzil e uma pistola. A suspeita é de que pelo menos oito homens tenham participado da ação. Todos seriam naturais da Bahia. 

Matéria original

Bandidos armados explodiram a agência do Banco do Brasil no centro da cidade de Curimatá, a 775 km de Teresina, no extremo Sul do Estado, na madrugada desta quinta-feira (05). A ação dos criminosos foi frustada por policiais do Piauí e Bahia. Em entrevista ao Notícia da Manhã, o secretário estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu, revelou que foram pelo menos dois confrontos entre bandidos e polícia com intensa troca de tiros. Pelo menos um dos suspeitos morreu durante a ação.

Moradores da região foram usados como "escudo humano" e liberados na estrada. O prefeito da cidade Reidan Kleber de Oliveira conta que a tentativa de assalto teve início por volta da meia noite e meia e houve cerca de 40 minutos de tiroteio no local. O prefeito confirmou ainda que dois moradores ficaram feridos durante a troca de tiros, mas não correm risco de morte. 

"Um deles estava passando pelo local do tiroteio na Vila Bandara quando foi atingido. Dois moradores foram feridos, sem risco de vida. A cidade parou e ninguém conseguiu dormir. Foi aterrorizante ", disse o prefeito. 

Na fuga, os bandidos abandonaram os veículos e se escondem na mata a pé. Fábio Abreu informou que pelo menos oito homens participaram da investida contra o banco e estão cercados pelos policiais. 

"Esses indivíduos são oriundos da Bahia. Recentemente, eles praticaram ação semelhante lá e passaram a ser monitorados. Com isso, o Serviço de Inteligência da Bahia descobriu que eles articulavam uma ação no nosso Estado. Reforçamos o policiamento com mais PMs e equipes da Greco para evitar a ação. Infelizmente, não conseguimos evitar, mas ele fugiram sem levar nada, porque a polícia chegou rápido. Eles são muito covardes e usaram pessoas da região como escudos", reitera. 

O secretário acrescenta ainda que integrantes da quadrilha podem estar feridos.

Fonte: Cidade Verde




0 comentários: