MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/

Preso suspeito de agenciar assassinato de costureira em Sítio Novo

A prisão de Antonio Carvalho Miranda Júnior foi em cumprimento a ordem judicial.

Polícia prende suspeito de agenciar o assassinato de costureira Maria da Mota Barros, 84 anos. - Foto: Divulgação/ WhatsApp

SITIO NOVO – O escriturário Antonio Carvalho Miranda Júnior, conhecido por Júnior Miranda, foi preso pela Polícia Civil na cidade de Sítio Novo, em cumprimento a um Mandado de Prisão Preventiva expedida pela Justiça. Segundo a polícia, o homem é suspeito de ser o agenciador do assassinato da costureira aposentada Maria da Mota Barros, 84 anos, ocorrido no dia 29 de março deste ano em Sítio Novo

A prisão foi executada por uma equipe de policiais chefiada pelo delegado Erick Feitosa, que preside as investigações sobre o crime. 

De acordo com as investigações, Júnior Miranda tem envolvimento com o assassinato da idosa, informação revelada na cadeia pelo principal suspeito como executor da morte, Antonio Carlos da Silva, que encontra preso na Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz (APRI), antiga CCPJ.

O delegado Erick informou à imprensa que as investigações sobre o crime estão bem adiantadas e pretende identificar e prender, nos próximos dias, o mandante do crime contra a idosa. 

O crime 
O assassinato que teve como vítima a costureira e professora aposentada Maria da Mota Barros, mãe do ex-prefeito de Sítio Novo, Cleriston Bandeira, teve bastante repercussão no Estado. 

As primeiras investigações apontavam para crime de latrocínio (roubo seguido de morte), mas com o avanço das ações policiais essa hipótese foi descartada. O delegado Erick trata o caso como “crime de encomenda” , mas não adiantou sobre motivação da morte da idosa







0 comentários: