MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/

Força Nacional chega a São Luís para ajudar a combater ataques a ônibus

128 policiais chegaram nesta terça-feira (24) ao Maranhão. Reforço foi solicitado pelo governador Flávio Dino ao Ministério da Justiça.

Força Nacional chegou a São Luís no começo da tarde desta terça-feira (Foto: Jéssica Melo / TV Mirante)
Quarenta homens formam o primeiro comboio da Força Nacional de Segurança Pública que chegou a São Luís no início da tarde desta terça-feira (24). As tropas vão reforçar o policiamento nas ruas da capital, que vem sofrendo desde a quinta-feira (19) uma série de ataques a ônibus.

O Ministério da Justiça atendeu ao pedido do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). O restante da tropa chega no fim da tarde e apenas à noite será realizada uma coletiva de imprensa na Secretaria de Segurança Pública para explicar detalhes da operação.

O efetivo da tropa federal fez o deslocamento até a capital maranhense em 20 viaturas, um micro-ônibus e um ônibus. Os agentes ficarão alojados em três locais diferentes, sendo um deles no Complexo Esportivo do Estádio Castelão, onde vão planejar as operações e darão suporte à polícia do Maranhão no combate as organizações criminosas que aterrorizam a população.
video

As ordens destes ataques foram feitas de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, que ganhou destaque nacional após fugas, mortes e rebeliões sangrentas. Os motivos dos ataques não foram revelados pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, que se limitou a dizer que a polícia trabalha com duas linhas de investigação. Em 2014, os mesmos detentos ordenaram ataques a ônibus por causa das constantes revistas no presídio.

Desde que os ataques a ônibus tiveram início na quinta-feira (19), 16 veículos foram incendiados. No entanto, apenas sete foram completamente tomados pelas chamas. O atentado mais recente foi registrado na noite desta segunda-feira (23) no Residencial 2000, no bairro Maracanã, na zona rural de São Luís, dois dias depois do governador anunciar a vinda da Força Nacional a capital.
video

Policiais militares, civis e bombeiros reforçam a segurança em vários pontos dos quatro municípios da Região Metropolitana de São Luís. Os ônibus voltaram a circular normalmente nesta segunda-feira (23), após determinação do Governo do estado e prefeitura de São Luís.

Comerciantes ameaçados
Comerciantes do Coroadinho, a quarta maior favela do país e a primeira do Norte e Nordeste - segundo o último censo realizado pelo Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE), fecharam as portas durante a tarde do último sábado (21) depois que criminosos disseminaram série de ameaças.
Bandidos ameaçaram queimar estabelecimentos de comerciantes (Foto: Divulgação / Coroadinho Online)
Pela noite do mesmo dia, policiais realizaram a prisão de um homem que se preparava para atear fogo em pneus na Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro Vinhais em São Luís. O suspeito teria informado à policiais que não seria um atentado, mas um protesto contra a insegurança.

Policiais em ônibus
O governador Flávio Dino informou que vai monitorar as empresas para confirmar se todos os ônibus estão circulando pelas ruas da cidade. Ele também garantiu que vai intensificar o combate aos criminosos com policiais dentro dos ônibus, blitzen, incursões nos bairros para patrulhamento e captura de procurados da Justiça.
Policiais embarcar em ônibus para evitar ataques (Foto: Divulgação / Karlos Geromy / Secap)
A adoção de novas medidas de segurança foi instituída pelo governador Flávio Dino em reunião na manhã deste domingo (22), no Palácio dos Leões, em São Luís. De acordo com o governador, o monitoramento direto sobre as empresas de ônibus tem como objetivo garantir a circulação normal dos coletivos, sobretudo no período noturno.

Fonte: Michel Sousa

0 comentários: