MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/
http://www.maranhaonews.net/

Joanie Laurer, a Chyna, é encontrada morta em seu apartamento nos EUA

Atriz foi lutadora profissional de wrestling. ‘Perdemos um verdadeiro ícone, um super-herói da vida real’, diz comunicado oficial.


Joanie Laurer em foto de arquivo
A atriz Joanie Laurer foi encontrada morta nesta quarta-feira, 20, na cama de seu apartamento na cidade de Redondo Beach, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Chyna, como era conhecida, ficou famosa como lutadora profissional de wrestling. A confirmação da morte foi feita através de um comunicado na página oficial de Joanie.

“É com profunda tristeza que informamos que hoje perdemos um verdadeiro ícone, um super-herói da vida real. Joanie Laurer, vulgo Chyna, a nona maravilha do mundo, morreu. Ela vai viver para sempre na memória dos seus milhões de fãs e de todos a amavam”, diz o texto – que também foi publicado no perfil da atriz no Instagram. Na rede social, os últimos posts de Joanie Laurer foram no último domingo, 17. O empresário da atriz também confirmou a notícia à rede de televisão “ABC”. A causa da morte não foi revelada.

Em entrevista ao canal de TV norte-americano, o empresário de Chyna contou que ela fazia o uso de remédios com prescrição médica para combater a privação do sono e uma ansiedade severa e que não sabe dizer se os medicamentos teriam alguma relação com a causa da morte.

Alguns sites deram a notícia como se Joanie Laurer tivesse 45 anos, mas o empresário afirmou à rede “ABC” que a atriz, na verdade, completou 46 em dezembro de 2015. A idade também teria sido confirmada pela polícia da cidade de Redondo Beach.

Ainda de acordo com a “ABC”, Joanie Laurer enfrentou problemas com alcoolismo em sua família e, depois, chegou a travar uma batalha contra o consumo de drogas. A atriz também foi capa da revista “Playboy” e chegou a fazer filmes pornôs.
Joanie Laurer em foto postada no dia 17 de abril no Instagram

Joanie Laurer em foto postada no dia 14 de abril no Instagram

Joanie Laurer em fotos de arquivo

Joanie Laurer em fotos de arquivo da época em que lutava

Joanie Laurer nas capas da ‘Playboy’ em novembro de 2000 e em janeiro de 2002

Fonte: EGO, no Rio



0 comentários: