MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/
http://www.maranhaonews.net/

Homem pega arma e mata policial militar no Tocantins

Arma era do próprio PM; crime aconteceu durante abordagem em Colméia. Outro policial também foi atingido e levado para o Hospital Geral de Palmas.


Sargento Paulo foi assassinado em Colméia; tiro
partiu da própria arma do PM (Foto: Divulgação)
Dois policiais militares foram baleados durante uma abordagem em Colméia, a 206 km de Palmas, na madrugada deste domingo (3). Um deles, o sargento Paulo Pereira da Silva, não resistiu e morreu. Ele foi atingido na cabeça. O tiro partiu de um homem que seria usuário de drogas. Ele usou a própria arma do policial para cometer o crime.

O outro policial, o sargento Josafá Ferreira de Araújo, foi atingido por dois tiros. Um deles ficou alojado no colete. Ele foi levado para o Hospital Geral de Palmas. Segundo nota da PM, o estado de saúde do sargento é estável. Ele segue internado sob cuidados médicos.

O delegado Hélio Domingos de Assis contou aoG1 que os dois policiais estavam de serviço. Enquanto eles trabalhavam, era realizado um evento na cidade. "Em frente ao local da festa tem uma praça, onde ficam usuários de drogas. Em um determinado momento aconteceu uma briga e os policiais foram chamados para conter", explicou.

Ao chegar ao local, o sargento Paulo fez a abordagem e algemou um homem que estava envolvido na discussão, segundo o delegado. "Neste momento, os dois policiais foram cercados. Um dos usuários empurrou o sargento Paulo e a arma dele caiu. Neste momento, um deles pegou a arma e atirou na cabeça do policial", explicou.

Segundo relatos de Assis, o outro PM tentou sacar a arma, mas foi cercado. Ele foi desarmado e também foi atingido por disparos. O sargento Josafá foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral de Palmas.

A suspeita é de que dois irmãos tenham tido participação direta nos crimes. Eles foram capturados na manhã deste domingo. Segundo o delegado, os dois foram presos em flagrante.

A arma do sargento Paulo foi encontrada na casa de um menor. Ele também foi apreendido. A outra arma foi encontrada em um lote baldio.

O delegado disse que vai ouvir outras testemunhas, inclusive o homem que estava sendo algemado e saiu correndo durante a confusão. Ele ainda não foi encontrado.

Esta é a segunda morte envolvendo policiais militares em menos de dois dias. A primeira foi registrada em Palmas, na tarde de sexta-feira (1º), quando o soldado da PM Ivan Borges de Lima reagiu a um assalto e baleou dois suspeitos de assalto. O policial e os criminosos morreram na ação.

Fonte: G1 TO

0 comentários: