MARANHÃO NEWS

08 abril, 2016

Adolescente acusa deputado de assédio sexual


Uma estudante catarinense de 17 anos, identificada na reportagem como X., fez um registro de ocorrência contra o deputado federal João Carlos Bacelar, do PR da Bahia. Ela milita no Movimento Brasil Livre e diz que o deputado a assediou sexualmente pelo WhatsApp enquanto ela tentava convencê-lo de votar a favor do impeachment da presidente Dilma Roussef.

O deputado não quis falar sobre o episódio e, por meio de sua assessoria, disse que "o celular com o qual a adolescente se comunicou fica no gabinete em Brasília e quem conversou foi um assessor parlamentar".

X. disse que participou de uma "blitz" que o movimento Brasil Livre organizou, com os deputados com celular e whatsapp recebendo mensagens de eleitores de todo o país pedindo para que votem a favor do impeachment.

Ela diz que falou com deputados de diversos estados, mas que com ele houve esse "problema". "Falei com alguns que disseram que iam votar contra o impeachment e ficou tudo bem. Mas ele teve uma atitude ímpar", disse.

Juntamente com a mãe, a garota procurou a Delegacia de Proteção à Mulher, ao Menor e ao Adolescente em Florianópolis. X. entregou uma impressão do celular mostrando a hora em que houve uma tentativa do interlocutor de telefonar, em vez de falar no WhatsApp.

"Depois daquilo tudo, eu preferi não atender. Na delegacia, me aconselharam a, depois do registro, fazer um outro registro em um cartório", disse X..

"Minha filha tem 17 anos, já pode votar, e merece o respeito dos representantes do povo na Câmara, ele não teve respeito", lamentou a mãe da adolescente.

A assessoria do deputado chegou a informar a um site de notícias da Bahia que o deputado não iria comentar "uma conversa fake" e que "a chance de ele falar sobre isso era zero". Na tarde de ontem (07), a assessoria negou que tivesse informado este posicionamento. Quase ao mesmo tempo, o perfil de Nadia Rebello, supostamente personal trainer, dizia no post de X. que era ela quem estava escrevendo.






Fonte: Extra
Compartilhe com seus amigos...
ATENÇÃO: Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todo conteúdo é de inteira responsabilidade de seus autores.