Adolescentes matam funcionário público e fogem com carro da vítima para pular carnaval da Bahia

fevereiro 10, 2016
Foto: Reprodução Facebook
O corpo de um funcionário público foi encontrado, nesta terça-feira, próximo à BR-116, em Frei Inocêncio, na Região do Rio Doce, em Minas Gerais. De acordo com informações da Polícia Civil, Terence Henrique Silva, de 45 anos, estava desaparecido desde sábado, dia em que foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte). Os quatro menores suspeitos do crime, com idades entre 15 e 17 anos, foram presos em Mucuri, no interior da Bahia, enquanto brincavam o carnaval.

De acordo com o delegado Cleriston Lopes de Amorim, da delegacia de Governador Valadares, que investiga o caso, a vítima era moradora da região. Ele foi abordado pelos quatro suspeitos, no sábado, quando se preparava para passar o carnaval com parentes na Bahia.

— A princípio, a gente acredita que ele tenha sido abordado quando saía de casa, por volta das 8h. Vamos ouvir esses menores ainda hoje para saber se eles receberam alguma informações privilegiada para entrar na residência da vítima ou se pularam um muro, por exemplo. Os detalhes dessa abordagem ainda não são conhecidos. Um dos menores contou que eles usaram uma espécie de corda para esganar a vítima — disse o delegado.

A Polícia Civil soube do desaparecimento de Silva depois que a namorada dele foi até o local do crime e encontrou os pertences do companheiro revirados. Os menores deixaram o local com o veículo da vítima, um Ford Fusion. Após receberem denúncias anônimas de que o veículo tinha sido visto em Mucuri, policiais miliares foram até o local.

Na cidade baiana, os agentes chegaram a abordar os menores, que estavam no Fusion, mas conseguiram fugir. Pouco tempo depois, eles acabaram detidos, enquanto aproveitavam o carnaval na região. Eles foram encaminhados para Governador Valadares, em seguida.

— Após fugir da polícia, esses menores continuaram em Mucuri, no carnaval. Eles chegaram a usar o cartão de crédito da vítima para gastar cerca de R$ 1.300 numa noite. Eles dizem que roubaram o carro porque pretendiam vendê-lo por cerca de R$ 15 mil — explicou Lopes.

O corpo de Silva foi levado para o Instituto Médico Legal de Governador Valadares. Ele deve ser enterrado ainda nesta quarta-feira. Já os menores, após serem ouvidos, devem ser encaminhados para um centro de internação para adolescentes.

Fonte: Extra

COMPARTILHE...

ATENÇÃO: Somente os artigos assinalados não correspondem ao Blog Maranhão News e todo o conteúdo é de inteira responsabilidades de seus autores

LEIA MAIS ESSAS

Previous
Next Post »