MA NEWS
http://www.cabocampos.com.br/
http://www.maranhaonews.net/

Polícia identifica três suspeitos de participação na morte de PM no RS

Eles fariam parte do grupo no qual estaria o suspeito de matar o PM. Maysson Fagundes foi morto durante a festa de réveillon em Tramandaí.

Maysson Fagundes Anhanha da Silva foi morto em
Tramandaí (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
A polícia identificou nesta segunda-feira (4) outros três suspeitos de terem participado da morte do policial militar Maysson Fagundes Anhanha da Silva, vitimado por um tiro na madrugada de sexta-feira (1º) durante a festa de Ano Novo em Tramandaí, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Paulo Perez, nove pessoas faziam parte do grupo no qual estava o suspeito de ter matado o policial. “Três foram identificados e, a partir deles, vamos chegar aos outros”, afirmou, dizendo ainda que a identificação foi realizada por meio de fotos nas redes sociais e relatos de testemunhas.

No sábado (2) foi preso um suspeito de ter atirado no policial. No entanto, ele apresentou um álibi com fotos e vídeos, que ainda será avaliado. “A veracidade desse material ainda será averiguada, mas caso se confirme, ele deixa de ser suspeito”, disse Perez.

De acordo com o delegado, as duas hipóteses mais prováveis são de que o PM foi morto em retaliação por uma prisão, ou que a morte tenha relação com algum outro incidente ocorrido durante a festa. “Antes da morte, teve um incidente envolvendo um grupo que estava no local, com os amigos do PM”, disse.

Antes de ser atingido com o tiro fatal, o policial teria relatado a amigos ter reconhecido um homem que tinha sido preso por ele na cidade de Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre.
Após o policial ter sido baleado, um dos amigos pegou a arma de Maysson e efetuou ao menos quatro disparos contra o assassino. Um destes disparos atingiu uma jovem que estava no local. A arma do policial foi apreendida, e exames periciais vão confirmar essa suspeita.

Fonte: G1 RS

0 comentários: