Câmera flagra mulher sendo atropelada por ônibus no Recife

janeiro 10, 2016
Maria da Conceição da Silva contou que não acreditou que estava viva.
"Eu fugi realmente da morte. Eu nasci de novo", disse internada no hospital.
Fonte: Do G1 PE
Foto: Reprodução
A diarista Maria da Conceição Silva, atropelada por um ônibus quando chegava para trabalhar na sexta (8), definiu a experiência como um renascimento. O momento em que o coletivo colide com um carro, subindo depois na calçada, arrancando uma árvore e atingindo a diarista, foi flagrado pela câmera de segurança de um condomínio da rua, no bairro e Boa Viagem, Zona Sul do Recife.[Veja o vídeo acima]

Maria da Conceição segue internada no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, região central do Recife. Ela conta que estava caminhando pela calçada, quando o ônibus a atingiu. “Quando eu olhei, achei que tinha corrido, mas foi ele que me jogou. [Na hora] não pensei em mais nada. Fiquei, 'oxente, eu não morri não?'”, conta a diarista.

Nas imagens, é possível ver o momento exato em que o ônibus a atinge e também como ela, mesmo com uma fratura no pé e desorientada, consegue levantar e atravessar a rua. Maria da Conceição viu as imagens do acidente no sábado (9). “Eu fugi realmente da morte. Quando sair daqui, vou para a igreja dar o testemunho de que eu nasci de novo, realmente”, explica.

A diarista teve uma fratura exposta no pé esquerdo, um corte grande no braço e outro na cabeça. Os médicos fizeram uma cirurgia no pé, outro no braço e ela levou diversos pontos. O estado de saúde é considerado estável pela unidade de saúde, mas ela segue sem previsão de alta.

O acidente
O ônibus vinha pela Rua Padre Cabral e colidiu com um carro, que vinha pela Rua José Domingos da Silva, no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O automóvel rodou com a batida e o coletivo, sem controle, bateu na frente do prédio que ficava na esquina. No caminho, atropelou a diarista Maria da Conceição da Silva.

Os peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local e informaram, no local, que o tacógrafo do ônibus registrou que ele estava numa velocidade aproximada de 54 km/h. Uma placa na rua indicava que a velocidade devia ser de até 20 km/h. O motorista fez o teste do bafômetro, que deu negativo.

Em nota na sexta, a empresa Borborema lamentou o acidente com a linha 042 - Aeroporto/Opcional em Setúbal, e informou que prestou socorro às vítimas, a quem a empresa afirmou que dará a devida assistência. O texto seguiu afirmando que o tacógrafo, na verdade, estaria marcando 23Km/h no momento da colisão. Diz ainda que o motorista permaneceu no local até a retirada do veículo e prestou esclarecimentos aos órgãos competentes.

Compartilhe

Somente os artigos assinalados não corresponde ao Blog Maranhão News e todos o conteúdo é de inteira responsabilidades de seus autores

Relacionadas

Anterior
« Proximo